12.6.07



Na palma da mão de Pawa


eu respirei o yãkoãna


para ser o xamã dos sete espiritos


o oráculo que caminha entre os mundos


que invoca no meio do fogo os deuses antigos, a ave sagrada e o tigre
Toquem as flautas, toquem os tambores


o Rei-xamã irá dançar
ouvindo a canção dos espiritos em volta da serpente


um verdadeiro xapirimu possesso







*pawa, equivalente indigena ao Deus dos cristãos


*yãkoãna, pó alucinógeno usado pelos pajés


* xapirimu, o mesmo que "agir enquanto espirito"


Nenhum comentário: